Inicio Noticias Os celulares dobráveis que custam caro e chamam a atenção

Os celulares dobráveis que custam caro e chamam a atenção

Nos anos 90 a moda eram os celulares gigantescos, já nos anos 2000, os celulares de flip entraram com tudo no mercado, abrindo uma nova visão para o mercado, a moda e a aparência dos celulares agora estavam em alta, contra a década anterior, que começava a entender a sua funcionalidade e olhava para o aparelho de forma prática, como quase literalmente, um tijolo de tão puramente funcional.

Após essa evolução o mundo andou como conhecemos, os celulares se abriram novamente, ganharam telas touch screen e funções diversas, desde a mais primitiva da ligação até criação de relatórios, interação e venda de marcas, investimentos. Podemos dizer que é quase possível dominar o mundo pela tela de um celular.

Com as constantes inovações, chegou ao mercado o celular que volta aos anos 2000 por permitir que a tela se dobre, mesmo sendo touch. Várias gigantes do mercado criaram patentes como a Samsung, com seu celular e agora o tablet dobrável e a Apple, que apesar de ainda não ter lançado o seu modelo, já possui uma patente ativa.

As empresas que possuem aplicativos e sites desenhados para as telas dos celulares como betway casino móvil que trazem jogos, estão em constante atualização para que os usuários possam ter uma interface fácil e leve para os novos modelos, afinal, alguns quando são fechados possuem a possibilidade de uso da meia tela.

Apesar de parecer um desenvolvimento simples, a verdade é que não é. A tela deve ser forte o suficiente para aguentar o movimento de abrir-fechar por milhares de vezes e não pode permitir que esse movimento estrague as peças dos aparelhos ou marque a tela quando estiver 100% aberta.

LEIA MAIS:  Gmail com uma nova aparência desde Abril do ano corrente

Também não é tão simples para as empresas desenvolvedoras de entretenimento, elas se adaptam cada dia mais para ter um bom site que possa ser ágil como o da Betway e assim não sobrecarregar as novas telas dos aparelhos que são mais finas para que haja mais flexibilidade.

LEIA MAIS:  Live commerce: o futuro do comércio online?

O preço desses aparelhos assustam, mas pelo tipo de tecnologia que levam, é compreensível. Os primeiros modelos foram lançados somente em 2019 e muitos ainda não estão disponíveis na maioria dos países. O mais famoso hoje é o Galaxy Fold da Samsung, que pode chegar próximo dos US$2.000.

Em comparação a um celular de última geração da mesma empresa, o Samsung Galaxy S21, que custa em média US$1.400, o celular dobrável não é tão vantajoso. As especificações possuem limitações e as resenhas mostram que muitos deles estão mostrando defeitos de fabricação como bolhas e rachaduras, além de arranhões nas telas.

Como todas as novas tecnologias, é preciso aguardar para que a evolução do produto possa chegar e talvez essa seja a nova tendência do mercado. A busca de alguns anos é por celulares grandes, mas isso pode mudar já que parece que os fabricantes querem voltar ao início da era, quando o que as empresas buscavam era diminuir o tamanho dos aparelhos.

3 COMENTÁRIOS

  1. Boa noite,
    Gostei do conteudo bro.
    Mas tou desapontado com o template do site.
    Que não foi personalizado
    De um sinal ai.
    Que lhe ajudo a editar de ponta pra ponta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Most Popular